notc_2827

Na semana passada, quando tickets para o Burning Man 2015 venderam em menos de uma hora, um grupo de hackers do Vale do Silício furou a fila na web para garantir seus próprios ingressos. O problema é que eles não queriam (apenas) garantir seu lugar ao sol do deserto Black Rock: o grupo quis queimar o filme do Burning Man, expondo o feito no Twitter.

O Burning Man não deixou quieto e disse que levará essa galera para a justiça. Depois de assumir publicamente o erro em seu sistema, a organização disse que os ingressos desses hackers serão cancelados e colocados à venda para o público em agosto, durante as vendas de última hora que rolam todos os anos antes do festival.

Fonte: House Mag

X